(1)

Evangelho de Lucas 7:36-50 (Abrir e ler). A adoração é um chamado bíblico, somos chamados incentivados, orientados, desafiados, a vivermos uma vida de adoração. O primeiro grande mandamento é amar a Deus de todo nosso coração. A palavra adoração na escritura é Proskuneo, que significa, literalmente, o ato de se prostrar-se, render-se, beijar o chão. Então o que é mulher fez foi exatamente um ato de adoração profunda.
Não é uma coisa fria, mas intensa, com todo coração, força, alma e entendimento. Na sua opinião, de que forma devemos adorar ao Senhor?

(2)

Toda atitude de adoração envolve um sacrifício.
O culto não é para nós, para nos sentirmos bem, mas para o Senhor. O que fazemos nos cultos tem que agradar o coração de Deus. Despertar um sorriso nos lábios do senhor e oferecer sacrifícios agradáveis a Deus. Romanos 12:1 Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. Nossa adoração precisa ser agradável a Deus. De que forma você acha que podemos dar uma adoração agradável a Deus?

(3)

1) Precisamos ter uma visão correta da presença de Deus.
Quando não conseguimos identificar a presença de Deus, não o valorizamos. O próprio Deus estava entrando na casa do homem e ele não o reverenciou como Deus, diferente da mulher que vê JESUS, O reconhece e rende-se diante dele. Como você está agindo e respondendo diante da presença de Deus? Não é uma questão de sentir ou não sentir, mas de identificar Sua presença. Então, para você, como podemos reconhecer a presença de Deus?

(4)

2) Veio para dar e não para receber
Lucas 7:37 E eis que uma mulher da cidade, pecadora, sabendo que ele estava à mesa na casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com unguento. A tendência natural é querermos vir com a intenção somente de recebermos. Essa mulher não foi de mãos vazias. Todo adorador vem para dar e não para receber. A mulher trouxe consigo um vaso de alabastro, ou seja, ela levou que tinha de mais precioso. Tem pessoas que não tem a capacidade nem de separar uma oferta para dar ao senhor. Não é uma questão de dinheiro, mas de coração. Na sua opinião, como podemos dar nosso melhor para Deus?

(5)

3) Toda a atitude de adoração envolve quebrantamento.
Todo ato de adoração exige de nós atitudes de prostração. Essa mulher estava aos Seus pés chorando. A pior coisa que pode acontecer conosco é a falta de quebrantamento, pois isso endurece o nosso coração. Falta de quebrantamento é falta de olharmos para dentro de nós mesmos e percebermos que não somos nada sem o Senhor e reconhecer que preciso de mudança. Não podemos ter dificuldade de reconhecer aquilo que fazemos de errado. Assim acontecerá a restauração.

(6)

4) Toda atitude de adoração envolve desprendimento.
As mulheres não andavam de cabelos soltos, somente as prostitutas. Às vezes não subimos a lugares mais altos em Deus por falta de desprendimento. Ou seja, nós precisamos soltar a cabeleira! Precisamos não estarmos preocupados com a opinião das pessoas e nem presos a ritos, e a limites humanos na adoração. Precisamos sair da passividade e ir ao encontro dele e nos expressar com intensidade. De acordo com sua opinião, como podemos ser intensos para Deus?

(Conclusão)

Se você quiser algo de Deus que você nunca viu você precisa fazer algo para Ele que você nunca fez. Nós não entraremos em nada novo de Deus se fizermos as mesmas coisas. Então, solte a cabeleira, e entregue ao Senhor uma vida de adoração profunda.

(Palavra da oferta)

Ofertar tem tudo a ver com nossa identidade de Generosidade. Hebreus 11:17 Pela fé ofereceu Abraão a Isaque, quando foi provado; sim, aquele que recebera as promessas ofereceu o seu unigênito. Deus deu uma promessa para Abraão, e mesmo assim entre entregou Isaque. Não devemos ter medo das nossas finanças. Devemos oferecer Isaque crendo que Deus nunca vai deixar faltar. Então, seja generoso.